17 novembro 2011

Pequenas alegrias domésticas: fartura no quintal

Pequenas alegrias domésticas: fartura no quintal:





A pitangueira já tem alguns anos, junto com duas parreiras, uma lichieira e pés de framboesa vermelha e preta. E a gente tem um acordo tácito com os passarinhos: as frutas lá do alto são deles e as que os braços humanos alcançam, são nossas (não que eles tenham pedido algum tipo de permissão...).
No final de semana prolongado, colhi (e comi) muita pitanga, docinha e quase sem caroço. Fiz questão de não editar nenhuma foto, pra mostrar toda a exuberância natural das frutas, na minha cor predileta. E também fiz uma caipirinha de pitanga, porque ninguém é de ferro.
E se vocês está aí se lamentando porque não tem espaço, eu te digo que a dona Tereza, aquela senhorinha do dedo verde, faz milagre na varandinha do seu apartamento, em pleno Braz. Sempre tem rosas lindas, lavanda, tomates, ervas variadas e muitas framboesas da mudinha que ela levou aqui do meu quintal. Fora as samambaias que crescem na horizontal!
E no dcoração tem todas as dicas para ter uma horta na janela (até já adotei e curti muito a dica de usar bandejinhas de isopor no lugar das pedrinhas).
Pra ser feliz não precisa de muito, né não?
Bom restinho de semana. Ésó clicar no início do texto para visitar o blog que postou esta delícia